CANARINA:

Principal

Quem somos?

Testemunhos

Perguntas

Contato

Jornais

O mundo

DEMOS

Clientes

Preço

Catálogo

 

CUSTIC:

CUSTIC

Vantagens

Aplicações

Algoritmos I

Algoritmos II

Gráficos

Gráficos II

Dados I

Dados II

Dados III

Funções

Ruído I

Ruído II

Topografia

Modelos e SIG

Média

Importar

Mapas Google

Barreira

3D e 2D

 

Nível de ruído · software · vibração · isolação

                                    

Aplicações 1: ruído e poluiçao sonora · ruído e poluiçao visual · poluição sonora · atenuadores de ruído · poluição sonora · poluição ambiental · ruído industrial

 

Exemplo de alguns sons considerados como ruídos simples do nosso dia-a-dia e seu nível sonoro em decibéis (dB). A partir do nível de pressão sonora de 85 dB são potencialmente danosos aos ouvidos, se o contacto com esses sons, sejam eles ruidosos ou não, durar mais de 480 minutos (8 horas):

 

o ruído de uma sala de estar chega a 40dB;

um grupo de amigos conversando em tom normal chega a 55dB;

o ruído de um escritório chega a quase 64dB;

um caminhão pesado em circulação chega a 74dB;

em creches foram encontrados níveis de ruído superiores a 75dB;

o tráfego de uma avenida de grande movimento pode chegar aos 85dB;

trios eléctricos num carnaval fora de época tem em média de 110 dB;

o tráfego de uma avenida com grande movimento em obras com britadeiras até 120dB;

bombas recreativas podem proporcionar até 140dB;

discoteca a intensidade sonora chega até 220dB.

 

A poluição sonora atrapalha diferentes actividades humanas, independentemente dos níveis sonoros serem potencialmente agressores aos ouvidos, a poluição sonora pode, em alguns indivíduos, causar stresse, e com isto, interferir na comunicação falada, base da convivência humana, perturbar o sono, o descanso e a relaxamento, impedir a concentração e aprendizagem, e o que é considerado mais grave, criar estado de cansaço e tensão que podem afectar significativamente o sistema nervoso e cardiovascular.

 

Podemos citar vários tipos de origem para o ruído e sons não ruidosos potencialmente agressivos para o órgão auditivo:

  1. Ruído por trânsito de veículos

  2. Ruído por atividades domésticas e públicas

  3. Ruído industrial

 

Quando a duração de um determinado evento é superior aos limites de tolerância para a pressão sonora produzida, como pode ocorrer no caso de:

  1. shows musicais e espetáculos diversos

  2. alguns cultos religiosos

  3. uso de equipamentos de amplificação eletrônica (ex.:descodificadores de MP3)

  4. práticas de tiro

 

entre outras atividades.

 

Poluição sonora frequente, por exemplo, através de aviões pode causar danos à saúde humana mesmo a partir de níveis de ruídos baixos. Já em 1910 Robert Koch profetizou: "Um dia a humanidade terá que lutar contra a poluição sonora, assim como contra a cólera e a peste".

 

O ponto de ataque da poluição sonora não é o aparelho auditivo, mas sim o sistema endócrino, especialmente as glândulas que produzem o cortisol e outros corticosteróides.

 

Desta maneira, níveis de ruído a partir de 45 db podem ser nocivos à saúde humana, quando a diferença de medição for maior que 3 dB do nível de ruído de fundo.

 

Já a partir de 55 dB pode-se considerar uma fonte sonora como incómodo. Se este nível de ruído permanecer por um período de tempo longo, a produção pessoal pode cair e a sensação de mau-estar de quem está submetido a esta fonte sonora pode aumentar enormemente. Emissões sonoras entre 60 a 75 db produzem stresse físico. Este tipo de poluição sonora pode determinar uma hipertonia arterial (aumento da pressão sanguínea) e provocar doenças circulatórias, como o enfarte do miocárdio (ataque do coração) e até mesmo serem a causa de úlceras estomacais.

 

 

 

 

 

 

 

                 (ar)                  (marinha)       (electromagnetica)

 

 

vibração · isolação

 

                                                

Canarina Software Ambiental

Software para empresas de consultoria ambiental

Santa Cruz de Tenerife, Ilhas Canárias, Espanha

e-mail: contato

 

  

European Union · network on Pollution

Member of MAPO: European network on Marine Pollution

 

 

 

          

 

   português:  

 

castellano:     italiano:   

 

 français:   deutsch:     

 

english:  

 

castellano: DIS CUS DES  RAD   english: DIS CUS DES RAD  

 

deutsch: DIS CUS  DES  RAD   português: DIS  DES RAD  

 

italiano:   DIS CUS  DES RAD français:  DIS CUS DES RAD