CANARINA:

Principal

Quem somos?

Testemunhos

Perguntas

Contato

Jornais

O mundo

DEMOS

Clientes

Preço

Catálogo

 

DISPER:

DISPER

Aplicações

Vantagens

Dados I

Dados II

Dados III

Dados IV

Dados V

Média

Funções

Algoritmos I

Algoritmos II

Algoritmos III

Gráficos I

Gráficos II

Poluentes I

Poluentes II

Poluentes III

O Ar I

O Ar II

O Ar III

Topografia

Modelos e SIG

Importar

Google maps

3D e 2D

Odor

Tochas

 

 

O Ar I · software · curso impacto ambiental

 

                                        

 

Aplicações 1: poluição atmosférica · contaminação atmosférica · projetos engenharia · legislação ambiental · preservação ambiental · economia ambiental · engenharia ambiental · consultoria ambiental · manejo ambiental

 

 

A poluição atmosférica resulta da emissão de gases poluentes ou de partículas sólidas na atmosfera.

Pode provocar uma degradação dos ecossistemas devido ao lançamento de inúmeras substâncias (radioativas, ácidas, recalcitrantes, etc.) e não respeita fronteiras, por isso pode se tratar de um problema local e transfronteiriço. Este tipo de poluição pode dar origem ao efeito estufa, às alterações climatéricas, à diminuição da qualidade do ar, a problemas de saúde nos seres vivos como diversas doenças respiratórias, diversos tipos de cancros, entre outros.

 

Efeitos sobre a saúde humana

 

Sobre a saúde humana a poluição atmosférica afeta o sistema respiratório podendo agravar ou mesmo provocar diversas doenças crônicas tais como a asma, bronquite crônica, infecções nos pulmões, enfisema pulmonar, doenças do coração e cancro do pulmão.

 

Os poluentes atmosféricos podem afetar a vegetação por duas vias: via direta e via indireta. Os efeitos diretos resultam da destruição de tecidos das folhas das plantas provocados pela deposição seca de SO2, pelas chuvas ácidas ou pelo ozônio, refletindo-se na redução da área fotossintética. Os efeitos indiretos são provocados pela acidificação dos solos com a conseqüente redução de nutrientes e libertação de substâncias prejudiciais às plantas, resultando numa menor produtividade e numa maior susceptibilidade a pragas e doenças.

 

Os efeitos negativos dos poluentes nos materiais resultam da abrasão, reações químicas diretas ou indiretas, corrosão eletroquímica ou devido à necessidade de aumentar a frequência das ações de limpeza. As rochas calcáreas são as mais afetadas, nomeadamente pela acidificação das águas da chuva.

 

Os odores são responsáveis por efeitos psicológicos importantes estando associados, sobretudo, aos locais de deposição e tratamento de resíduos sólidos e a algumas indústrias de que são exemplo as fábricas de pasta de papel.

 

(Wikipedia)

 

 

Mapa das concentrações de óxidos de azoto (NOx) gerados pelas duas chaminés industriais com 1 g/s NOx sob um vento de 5 m / s na direção E e terreno acidentado.

 

 

 

 

 

                 (ruído)          (marinha)       (electromagnetica)

 

curso impacto ambiental

 

 

                                                                               

Canarina Software Ambiental

Santa Cruz de Tenerife, Ilhas Canárias, Espanha

e-mail: info@canarina.com (info@canarina.com)

 

 

  

European Union · network on Pollution

Member of MAPO: European network on Marine Pollution.

Project funded by the European Commission

through the 6th Framework Programme for Research and Development

 

 

 

         

 

     português:  

 

castellano:     italiano:     

 

 français:   deutsch:     

 

english:  

 

castellano: DIS CUS DES  RAD   english: DIS CUS DES RAD  

 

deutsch: DIS CUS  DES  RAD   português:  CUS DES RAD  

 

 italiano:   DIS CUS  DES RAD français:  DIS CUS DES RAD